Daniel Mata Roque

danielmataroque@gmail.com

(21) 97104.0069

Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8589550266285829

 

Daniel Mata Roque é cineasta e memorialista. Mestrando do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Salgado de Oliveira (PPGH-UNIVERSO), é bacharel em Cinema (UNESA, 2016), com especialização em Ciência Política (UNYLEYA, 2018) e MBA em Comunicação e Marketing em Mídias Digitais (UNESA, 2018). Pesquisa a interseção entre o cinema brasileiro, a memória de guerra e a história militar, tríade sobre a qual produziu documentários e publicou livros. Trabalha com cinema e audiovisual desde 2008 e atualmente dirige a Pátria Filmes, unidade cinematográfica fomentadora de cultura fundada em 2013, que encara como missão a preservação da memória, a discussão cultural e o aprimoramento da cidadania através do cinema no Brasil. É o idealizador e diretor do MILITUM – Festival de Cinema de História Militar, organizado desde 2017. É associado à Academia de História Militar Terrestre do Brasil (AHIMTB), ao Instituto de Geografia e História Militar do Brasil (IGHMB), à Sociedade Amigos da Marinha (SOAMAR) e à Associação Nacional dos Veteranos da Força Expedicionária Brasileira (ANVFEB), onde atualmente exerce a função de 2º Vice-Presidente. Membro dos grupos de pesquisa História Militar, Política e Fronteiras (UNIVERSO) e Grupo de Ensino, Pesquisa e Extensão de Saúde em Emergências e Desastres (UFRJ). Muito brasileiro, é descendente de portugueses, italianos, libaneses e angolanos. Nasceu no Rio de Janeiro-RJ em 16/12/1994.

Atuação Profissional:

Diretor da Pátria Filmes (desde a sua criação, em 2013)

Produtor independente, sob o nome fantasia D.R. Produções (2008-2013)

Formação Acadêmica:

Mestrando do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Salgado de Oliveira (2019-2021)

Especialista em Ciência Política pela Faculdade UnYLeYa (2018)

MBA em Comunicação e Marketing em Mídias Digitais pela Universidade Estácio de Sá (2018)

Bacharel em Cinema pela Universidade Estácio de Sá (2016)

Formação Complementar e Cursos de Extensão:

Programa de Extensão Cultural da Escola Superior de Guerra - PECESG (Escola Superior de Guerra, 2019)

Conflitos Contemporâneos: da Guerra Industrial às Guerras Assimétricas (Escola de Comando e Estado-Maior do Exército, 2019)

Produção Executiva (Academia Internacional de Cinema e Televisão, 2015)

Operação em AVID (Academia Internacional de Cinema e Televisão, 2011)

English Advanced Course (Cultural Norte Americano, 2011)

Assistente de Produção - Nível Básico (Academia Internacional de Cinema e Televisão, 2010)

Linguagem Cinematográfica (Academia Internacional de Cinema e Televisão, 2009)

Experiência na Direção de Filmes:

Aquelas Mulheres de Farda (2018) a participação feminina nas Forças Armadas do Brasil, da Guerra de Independência à contemporaneidade generalizada.
O filme foi premiado como Melhor Documentário de Curta-Metragem no Festival de Cinema de Carpina – Pernambuco, 2019; e foi selecionado no Festival de Filmes Militares do Centro de Comunicação Social do Exército – Brasília, 2018.
Por São Paulo (2018) uma visão das questões políticas que envolveram a Revolução Constitucionalista de 1932 e seu suposto engajamento separatista.
O filme foi selecionado para programação especial na TV Senado – Brasília, 2018.
Capital (2017) uma análise histórico-política sobre a existência e a aplicação da pena de morte na legislação brasileira nos últimos dois séculos.
O filme foi selecionado no Festival Cine Açude Grande – Paraíba, 2017.
Aquele 31 de Março (2016) painel sobre o Regime Militar Brasileiro, com vinte experiências colocando em discussão diferentes pontos de vista de uma mesma verdade.
O filme foi premiado como Melhor Documentário no Festival Cel.U.Cine – Rio de Janeiro, 2016; e foi selecionado na Mostra Udigrudi Mundial de Animação – Minas Gerais, 2018; na Mostra Cine Birita – São Paulo, 2018; no Prêmio Corvo de Gesso (categoria Animação) – São Paulo, 2017; no Festival Cinestudantil Guaíba – Rio Grande do Sul, 2016; e no Festival CineCreed – Pernambuco, 2016.

Rua da Carioca, 49 (2015) sobre a história do edifício em estilo art déco, situado à Rua da Carioca, número 49, que desde 1912 abriga o icônico Cine-Theatro Íris.

O filme recebeu o prêmio de Melhor Documentário pelo Júri Popular do Cine Curtas Lapa Festival – Rio de Janeiro, 2015; e foi selecionado na Mostra Audiovisual de Petrópolis –Rio de Janeiro, 2017; no Festival Cine Memória – Minas Gerais, 2017; no Festival Ver Cine – Rio de Janeiro, 2016; no Encontro Nacional de Cinema e Vídeo dos Sertões – Piauí, 2015; e no Festival de Cinema Online – Brasília, 2015.
Cinema de Estado (2015) sobre a utilização do cinema durante a Era Vargas, investigando as atuações e os legados do Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP) e do Instituto Nacional de Cinema Educativo (INCE).
O filme foi selecionado para programação especial na TV Senado – Brasília, 2018; e também foi selecionado na Mostra Trakinagem de Cinema e Educação – Minas Gerais, 2018; no Festival Cine Memória – Minas Gerais, 2017; no Corte Festival – Rio de Janeiro, 2016; no Festival Cinestudantil Guaíba – Rio Grande do Sul, 2016; no Encontro Nacional de Cinema e Vídeo dos Sertões – Piauí, 2015; e no Festival Curta Cabo Frio – Rio de Janeiro, 2015.
Que falta que me fez (2014) sobre a participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial, com depoimentos de dezoito veteranos da Força Expedicionária Brasileira, da Marinha do Brasil, da Força Aérea Brasileira e do Corpo de Enfermagem.
O filme foi selecionado no Festival Cinestudantil Guaíba – Rio Grande do Sul, 2016; no Encontro Nacional de Cinema e Vídeo dos Sertões – Piauí, 2015; e no Festival de Cinema Online – Brasília, 2014; e foi exibido no Colégio Estadual Teófilo Moreira da Costa e no Colégio Vargem Grande para turmas do 9º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio – Rio de Janeiro, 2015.

Anos de Chumbo (2014) vídeo de um minuto sobre experiências pessoais vividas durante o Regime Militar.
O filme foi selecionado no Festival Cine Paraíso – Paraíba, 2018; no Festival Curta Coremas – Paraíba, 2016; no Festival Curta Taquary – Pernambuco, 2016; no Festival Curta Cabo Frio – Rio de Janeiro, 2015; e para compor o projeto "Um Golpe - 50 Olhares" – Rio de Janeiro, 2014.

Vertov, o Cérebro por detrás do Olho (2013) Um panorama da importância mundial do cinema do russo Dziga Vertov.
O filme foi selecionado no Festival Brasil de Cinema Internacional – Rio de Janeiro, 2014.

Experiência na Produção de Filmes:

O Veterano lá de casa (2017) websérie documental produzida em parceria com a Casa da FEB, registrando em vídeo histórias de familiares e amigos sobre a vida de seus veteranos que lutaram na Segunda Guerra Mundial.

Estrela de David no Cruzeiro do Sul (2016) baseado no livro de mesmo nome, de autoria de Israel Blajberg, o filme traz uma visão da presença constante de brasileiros judeus na História Militar Nacional, desde a chegada das caravelas de Cabral até as Forças de Paz no Haiti, destacando a atuação brasileira na Segunda Guerra Mundial.

O filme teve lançamento nacional no Rio de Janeiro-RJ (2016), lançamentos internacionais na Rússia (2017) e em Israel (2018) e lançamentos regionais pelo Brasil, entre 2016 e 2019, em Belém-PA, Belo Horizonte-MG, Brasília-DF, Curitiba-PR, Florianópolis-SC, Juiz de Fora-MG, Manaus-AM, Petrópolis-RJ, Porto Alegre-RS, Santa Maria-RS e São Luís-MA. O filme foi selecionado no Festival de Filmes Militares do CComSEx – Brasília, 2016.

Experiência na Organização de Festivais de Cinema:

Idealizador e Diretor do MILITUM – Festival de Cinema de História Militar, promovido pela Pátria Filmes em parceria com a Academia de História Militar Terrestre do Brasil e a Associação Nacional dos Veteranos da FEB desde 2017.

Membro do Júri Jovem do Festival Curta Cinema 2011.

Livros Publicados (como autor ou organizador):

ROQUE, Daniel Mata (org). A Veterana: perfil biográfico da 2º Tenente Helena Ramos, enfermeira da Força Expedicionária Brasileira durante a Segunda Guerra Mundial. Rio de Janeiro: AHIMTB, 2019.

ROQUE, Daniel Mata; BERNARDES, Margarida Maria Rocha; OLIVEIRA, Alexandre Barbosa de; BLAJBERG, Israel (orgs). Práticas e representações fotográficas do Serviço de Saúde brasileiro na II Guerra Mundial. Edição ilustrada. Bilíngue em português e inglês. Rio de Janeiro: AHIMTB, 2019.

O livro teve lançamento nacional no Auditório Dr. Ismael da Rocha, do Hospital Central do Exército (HCE), no Rio de Janeiro, em 23 de agosto de 2019, junto às comemorações do Dia do Soldado; e lançamento internacional na Embaixada do Brasil na Rússia, em Moscou, em 13 de maio de 2019, por ocasião da III Etapa do Intercâmbio Histórico-Cultural entre as Associações de Veteranos e Amigos do Brasil e da Rússia.

BLAJBERG, Israel; ROQUE, Daniel Mata (orgs). Associação Nacional dos Veteranos da Força Expedicionária Brasileira (ANVFEB): 1963 - 2018, 55 anos de lutas e memórias. Rio de Janeiro: AHIMTB, 2018.

O livro teve lançamento nacional na solenidade do 55º aniversário da ANVFEB, na Casa da FEB, no Rio de Janeiro, em 19 de julho de 2018; e lançamento internacional na Embaixada do Brasil na Rússia, em Moscou, em 13 de maio de 2019, por ocasião da III Etapa do Intercâmbio Histórico-Cultural entre as Associações de Veteranos e Amigos do Brasil e da Rússia.

ROQUE, Daniel Mata. A cobra vai filmar. Aspectos políticos e artísticos da filmografia brasileira sobre a Segunda Guerra Mundial. Rio de Janeiro: AHIMTB, 2018.

O livro teve lançamento nacional em sessão solene da Academia de História Militar Terrestre do Brasil, no Centro de Estudos e Pesquisas de História Militar do Exército (CEPHiMEx), então localizado no Palacete Laguna, no Rio de Janeiro, em 18 de maio de 2018; e lançamento internacional na Embaixada do Brasil na Rússia, em Moscou, em 13 de maio de 2019, por ocasião da III Etapa do Intercâmbio Histórico-Cultural entre as Associações de Veteranos e Amigos do Brasil e da Rússia.

ROQUE, Daniel Mata; MATA, Olímpio Santa Rita; MATTA, Luiz de Santa Rita (orgs). Sob a luz de Antares. Coletânea de poesias, cartas e peças teatrais de Oduvaldo do Nascimento Matta. Rio de Janeiro: Editora Autografia, 2017.

O livro teve lançamentos nacionais em evento familiar no Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro, em 01 de julho de 2017; e durante o XXIX Encontro Nacional de Veteranos da FEB, em Brasília-DF, em 01 de dezembro de 2017.

Artigos Publicados:

ROQUE, Daniel Mata; BERNARDES, Margarida Maria Rocha; KAMINITZ, Sonia Helena da Costa. Enfermeiras de guerra: da FEB à COVID-19, as enfermeiras do Exército Brasileiro na frente de combate. Revista do Clube Militar. Rio de Janeiro, ano XCIV, número 477, abril-junho de 2020. p. 52-53.

ROQUE, Daniel Mata. Aquelas mulheres de farda: as enfermeiras da FEB. Revista do Exército Brasileiro. Rio de Janeiro, volume 156, 1º quadrimestre de 2020. ISSN 0101-7184. p. 42-50.

ROQUE, Daniel Mata. Os Pracinhas na Tela: a representação da Segunda Guerra Mundial no cinema brasileiro de ficção. Revista do Instituto de Geografia e História Militar do Brasil. Rio de Janeiro, ano 79, número 107 (2020). ISSN 0020-3890. p. 101-117.

ROQUE, Daniel Mata. Os Pracinhas na Tela: a representação da Segunda Guerra Mundial no cinema brasileiro de ficção. Revista do Exército Brasileiro. Rio de Janeiro, volume 154, 1º quadrimestre de 2018. ISSN 0101-7184. p. 17-27.

Capítulos de livros, prefácios e posfácios:

ROQUE, Daniel Mata. Posfácio. in BENTO, Cláudio Moreira. Brasil: Pensadores Militares Terrestres (1631-1990). 1ª edição. Barra Mansa-RJ: AHIMTB, 2019.

Apresentação de Palestras e Comunicações:

Aquelas Mulheres de Farda - As Enfermeiras da FEB, sobre o grupamento feminino de enfermagem. Apresentado no VIII Seminário Nacional sobre a Participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial (VIII SENAB – CEPHiMEx – 2019).

Estrela de David no Cruzeiro do Sul, sobre a presença judaica nas Forças Armadas Nacionais. Apresentado, em parceria com Israel Blajberg, na Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (CEPHAS IHGB – 2018​).

Os Pracinhas na Tela, sobre a representação da Segunda Guerra Mundial no cinema brasileiro de ficção. Apresentado no VI Seminário Nacional sobre a Participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial (VI SENAB – CEPHiMEx – 2017).

Funções Exercidas em Instituições Culturais:

Associação Nacional dos Veteranos da Força Expedicionária Brasileira - Direção Central / ANVFEB

2º Vice-Presidente (2018-2022)

Diretor do Museu da Imagem e do Som da FEB (2018-2022)

Membro do Conselho Deliberativo (desde 2015)

Academia de História Militar Terrestre do Brasil – Seção Rio de Janeiro / AHIMTB-RIO

Secretário Executivo (desde 2016)

Acadêmico Titular na Cadeira Especial Brigadeiro João de Souza da Fonseca Costa (desde 2018)

Sócio Correspondente (2016-2018)

Sociedade Amigos da Marinha – Rio de Janeiro / SOAMAR-RIO

2º Diretor de Divulgação (2017-2021)

1º Diretor Social (2017-2019)

Associação dos Amigos do Museu Casa da FEB / AMAFEB

Membro do Conselho Fiscal (2019-2021)

Tesoureiro (2017-2019)

Associado a Instituições Culturais:

Instituto de Geografia e História Militar do Brasil / IGHMB

Associado Titular na Cadeira 125 - Capitão Antônio Álvares da Silva, Frei Orlando (desde 2019)

Associado Honorário (2017-2019)

Centro de Estudos e Pesquisas de História Militar do Exército / CEPHiMEx

Membro do Corpo de Pesquisadores Associados (desde 2017)

Associação dos Ex-Combatentes do Brasil - Seção Rio de Janeiro / AECB-RIO

Sócio Cooperador (desde 2019)

Instituto Cultural D. Isabel I / IDII

Associado (desde 2020)

Sociedade de Amigos do Museu Imperial / SAMI

Associado (desde 2019)

Círculo Monárquico do Rio de Janeiro / CMRJ

Associado (desde 2017)

Clube de Veículos Militares Antigos do Rio de Janeiro / CVMARJ

Associado (desde 2020)

Condecorações Recebidas:

Nacionais (oficiais)

Medalha Amigo da Marinha (Marinha do Brasil - Comando do 1º Distrito Naval, 2016)

Nacionais (associações)

Medalha do Mérito Histórico Militar Terrestre (Federação de Academias de História Militar Terrestre do Brasil, 2019)

Medalha de Mérito Heróis Alados do Brasil (Associação dos Ex-Combatentes do Brasil – Seção Rio de Janeiro, 2019)

Medalha Tributo à Batalha de Montese (Academia Brasileira de Medalhística Militar, 2019)

Medalha de Mérito Heróis da Tomada de Monte Castelo (Associação dos Ex-Combatentes do Brasil – Seção Rio de Janeiro, 2019)

Medalha Heróis de 32 (Sociedade Veteranos de 32 – MMDC, 2018)

Medalha Jubileu de Ouro da Vitória (Associação dos Ex-Combatentes do Brasil – Seção Rio de Janeiro, 2016)

Medalha Marechal Mascarenhas de Moraes (Associação Nacional dos Veteranos da FEB – Direção Central, 2015)

Estrangeiras

Medalha Comemorativa "Na luta contra o nazifascismo estivemos juntos" (Comitê de Veteranos de Guerra da Rússia, 2019)

Medalha da Vitória dos Combatentes Poloneses (Associação dos Ex-Combatentes Poloneses – SPK Brasil, 2018)



  • Facebook
  • YouTube
  • Blog
  • Instagram @patriafilmes
  • Amazon
  • Blog

Rio de Janeiro - Brasil

2013 - 2020

patriafilmes@gmail.com